Regresso às Aulas com o Out-Of-Home

O verão começa a ter os dias contados e muitos dos pais e alunos começam a questionar-se sobre o novo ano letivo que se avizinha. Como irá decorrer, será presencial ou não, será por turnos, entre outras questões que mostram a singularidade que tem sido este ano de 2020.
Mas e em relação às tendências de consumo típicas desta época? Fará sentido as marcas apostarem forte em campanhas e comunicação neste regresso às aulas?
A resposta é sim, de acordo com os dados recolhidos pela Deloitte e pela Nielsen, nos Estados Unidos, e presentes no relatório da operadora de OOH Outfront!
Apesar de, aparentemente, os níveis de consumo não se alterarem este ano, as tendências é que poderão ser diferentes. À medida que pais e estudantes se ajustam e preveem a nova realidade escolar percebe-se que existirá uma tendência para um maior consumo de tecnologia. Cerca de 72% destes consumidores acreditam que vão necessitar de comprar mais tecnologia, mobília e outros elementos de escritório.  Prevê-se que haja um aumento do consumo online, com mais de 40% dos inquiridos a afirmar que pretende efetuar as suas compras através do site das marcas.
E, como tem sido costume, as grandes superfícies estão no top of mind do consumidor no que toca ao regresso à escola, com cerca de 80% dos inquiridos a afirmar que pretende fazer as suas compras nestes espaços comerciais, quer seja online ou nas lojas físicas. 
Ser o top of mind  dos consumidores é cada vez mais importante e o OOH oferece um destaque essencial às marcas que pretendem chegar aos seus targets e, sobretudo, influenciar comportamentos de consumo, ao garantir um engagement multi-canal com 40% maior probabilidade de estimular pesquisas da marca no mobile e 48% maior probabilidade de um consumidor clicar num anúncio mobile, depois de ter sido impactado pelo mesmo anúncio no OOH.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e fique a par das novidades.