Quer saber mais?

Entre em contacto

Uma Nova MOP

Atualmente a indústria do Out Of Home (OOH) vive um momento único, tanto em Portugal como mundialmente. De todos os meios tradicionais o OOH é o único que mantém um crescimento constante e significativo. A sua capacidade de manter e cativar audiências (no OOH não se pode fazer “skip” ao anúncio) tem feito este meio distinguir-se cada vez mais. E se a isto acrescentarmos a crescente “digitalização” do setor (potenciando o meio tecnológica e criativamente) compreendemos o “momentum” único que este meio atravessa.
Em Portugal o Out of Home sempre conseguiu cativar a atenção dos anunciantes (é o 3º meio com maior investimento) conseguindo shares de investimento de cerca de 13 a 16% (bastante acima dos 4 a 6% internacionais).
É neste contexto que surge a nova MOP. Com uma diversidade de produtos que suscita e potencia a criatividade, a MOP sentiu necessidade de reposicionar a sua marca.
Uma nova marca virada para o contexto presente e futuro onde criatividade e data/dados andam lado a lado. Uma realidade em que queremos soluções criativas totalmente ajustadas às necessidades específicas dos anunciantes. Uma nova Mop com “Ideias Fora do Formato” sustentada em três eixos estratégicos:
– Unskippable
– Targeting
– Creative Data

Unskippable

A MOP lidera a revolução no Out Of Home em Portugal. Hoje, o OOH vive um Momentum único. É o meio com maiores taxas de conversão, logo a seguir ao digital e é o único meio que tem audiência “garantida”.
O outdoor é o meio sem opt in, é um meio que vemos naturalmente.
Num futuro fora do formato só há um formato a que ninguém pode fazer skip ad.

Targeting

O meio OOH vai passar a ter audiências e a introdução da possibilidade de targetização vai dar um potencial único ao mercado.
Temos assim uma maior capacidade de alocar os recursos certos para atingir o seu target de forma mais dirigida e com menos desperdício.
Num futuro fora do formato há melhor optimização de recursos.

Creative Data

O digital permite dar azo à criatividade, não só de forma literal mas também potenciada pela tecnologia.
Do lado dos clientes assistimos a uma necessidade cada vez maior de trazer data para o negócio do outdoor, seja através da informação de utilização, quer para criar novos modelos mais perto da realidade digital.
A data sem criatividade tem pouco impacto e a criatividade sem data é pouco eficaz. Da convergência destes dois universos surge o novo posicionamento estratégico da MOP. Temos uma visão de futuro onde a criatividade e a data andam lado a lado para melhorar a performance de comunicação do OOH
Num futuro fora do formato não há limites para a criatividade.

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter e fique a par das novidades.